Cerimônia do Prêmio Destaque 2008 acontece nesta terça (09/09), no Auditório Térreo

Publicada em
 
 
 

Logo_selo_ENSP_54anos_dentro.jpgA entrega do Prêmio Destaque 2008 às equipes que contribuíram significativamente para o bom desempenho da ENSP dará continuidade à comemoração dos 54 anos da Escola. A cerimônia de premiação será realizada nesta terça-feira (09/09), no Auditório Térreo da ENSP, a partir das 9 horas. Às 9h30, após apresentação do Coral da Fiocruz, os prêmios serão entregues às quatro equipes premiadas: Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (Projeto ELSA) categoria Pesquisa; Curso de Especialização em Saúde da Família nos Moldes da Residência categoria Ensino; Coordenação de Comunicação Institucional categoria Gestão e Desenvolvimento Institucional; e Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria categoria Assistência. Saiba mais sobre os contemplados deste ano. A Escola também fará homenagem especial ao professor e pesquisador Victor Valla (Densp/ENSP/Fiocruz).

Categoria Pesquisa:

Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA)

O Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA) é uma pesquisa multicêntrica que envolve seis instituições públicas de ensino e pesquisa do país UFBA, UFES, UFMG, UFRGS, USP e Fiocruz , sendo financiado pelo Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, pelo CNPq e pela Finep. Trata-se do maior estudo epidemiológico financiado no Brasil e o primeiro de larga abrangência sobre doenças não transmissíveis na Fiocruz. Ao todo, 15 mil voluntários participarão da pesquisa, e cerca de dois mil são servidores da Fiocruz. O ELSA é coordenado pelas pesquisadoras Dora Chor e Marília Sá Carvalho, do Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos em Saúde (DEMQS).

O Projeto ELSA insere a Fiocruz em uma coorte nacional focada em doenças cardiovasculares e diabetes, utilizando conhecimento epidemiológico de ponta. Tem caráter inovador, envolvendo, entre outros aspectos, a construção de um centro de pesquisa equipado e o interesse na população de funcionários da Fiocruz, além de possibilitar a integração das diversas unidades da instituição, bem como da Fiocruz com outras instituições de ensino e pesquisa do país.

Localizado no campus da Fiocruz, no Rio de Janeiro, o Centro de Pesquisa Rio do ELSA foi inaugurado no dia 16 de junho, com equipamentos modernos para exames clínicos e laboratoriais voltados para a saúde cardiovascular e metabólica. A primeira pesquisa longitudinal brasileira levantará informações sobre a influência de fatores sociais, biológicos e hábitos de vida na ocorrência de doenças cardiovasculares e diabetes, que estão entre os principais problemas de saúde pública no Brasil.

Categoria Ensino:

Curso de Especialização em Saúde da Família nos Moldes da Residência

O curso foi o primeiro desenvolvido de acordo com a metodologia de construção curricular baseada em competência na ENSP, no âmbito da Escola de Governo em Saúde (EGS), com participação de vários departamentos da Escola. O programa do curso apresenta perspectiva teórico-pedagógica convergente com os princípios e diretrizes do SUS, com vistas a promover não só o contato entre o mundo do trabalho e o mundo da formação, mas também possibilitar mudanças no modelo tecno-assistencial. O curso é coordenado pela pesquisadora Maria Alice Pessanha de Carvalho, do Departamento de Ciências Sociais (DCS).

O curso teve início em 2005, já tendo formado duas turmas e estando outras duas em andamento. Sua clientela são os profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, assistentes sociais, dentistas, psicólogos e nutricionistas). Foi desenvolvido em parceria com o Ministério da Saúde e com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio, seguindo os marcos da Política de Educação e Desenvolvimento para o SUS, instituída em fevereiro de 2004.

O curso foi idealizado para desenvolver três áreas de competências: organização do processo de trabalho; cuidado à saúde individual, coletiva e familiar; e educação e formação em saúde. O programa busca valorizar o processo de trabalho, as experiências do serviço de saúde como ponto de partida para o exercício da crítica e para a produção do programa do curso.

Categoria Gestão e Desenvolvimento Institucional:

Coordenação de Comunicação Institucional (CCI)

A Coordenação de Comunicação Institucional foi criada em 2005, fruto da integração de dois setores: o Centro de Documentação (Cedoc) e o Serviço de Desenvolvimento Educacional (SDE). Compete ao setor promover o diálogo com a sociedade e com a comunidade interna, através da produção de materiais jornalísticos, publicitários e/ou editoriais, em mídia impressa e/ou eletrônica, bem como a realização de atividades de assessoria de imprensa e organização de eventos, possibilitando a divulgação da produção científica e os serviços da Escola e zelando pela imagem da Instituição. O setor é coordenado por Ana Furniel.

A CCI desenvolve e mantém o Portal Institucional da ENSP e do EAD. Essa atividade teve início em 1997 quando o Cedoc colocou no ar o primeiro site da Escola. Em 2008, a ENSP ganha um novo Portal, baseado em conceitos da gestão do conhecimento. Os dois principais produtos da CCI nesta linha o Portal institucional e a Biblioteca Multimídia foram apresentados este ano no maior congresso da área de Gestão do Conhecimento da América Latina, o KM Brasil 2008, da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento (SBGC), como experiências exitosas em organizações públicas.

Em 1998, o setor cria a primeira lista para divulgação das mensagens eletrônicas internas, dando origem ao Informe ENSP, que, este ano, completa 10 anos. O Informe ENSP, principal produto de divulgação da Escola, já publicou mais de duas mil edições. Foram 16 mil matérias divulgadas para um público de cerca de sete mil assinantes do boletim. Ultrapassou a marca de um milhão de acessos em sua página, contabilizando, até agora, 1,5 milhão de acessos. Em 10 anos de história, foram mais de 30 mil fotografias feitas e cerca de 10 mil editadas. A CCI idealizou os projetos Palavras no Caminho, que leva a poesia para nossos corredores, e o Pedalando pela sua saúde, pelo nosso planeta, um serviço de bicicletas para o transporte no campus da Fiocruz.

Categoria Assistência:

Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF)

O Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF) está passando por transformações físicas e institucionais. Transformações que podem ser vistas nos corredores do setor, na reforma de seu espaço físico e no compromisso de seus cerca de 200 profissionais. As diretrizes que norteiam sua missão - cuidar da saúde da população, produzir conhecimento científico e tecnológico estratégico e atuar na formação de recursos humanos para o SUS refletem compromissos e princípios do SUS e contribuem para alcançar as prioridades estabelecidas pelo Ministério da Saúde nas áreas de Vigilância em Saúde e Atenção Básica. A chefe do Centro de Saúde Escola é Else Gribel.

O Centro de Saúde Escola enfrentou desafios este ano, com destaque para a epidemia de dengue no Rio de Janeiro. Junto a outras unidades clínicas da Fiocruz e instâncias governamentais da saúde, prestou assistência resolutiva não apenas a moradores da sua área de abrangência, mas também a pessoas de várias localidades do Rio e região metropolitana. Foi um exemplo de parceria, aprendizado e superação.

Outra vitória do Centro de Saúde Escola, em 2008, foi tornar-se um Centro de Referência Nacional de Vigilância em Saúde na Atenção Básica. Ampliar o escopo das pesquisas desenvolvidas, com investimento na pesquisa clínica, e qualificar como especialistas profissionais de saúde, por meio da residência médica e multiprofissional em saúde da família, também são avanços que se consolidam nesse caminho que o Centro de Saúde Escola vem trilhando no campo das práticas de atenção à saúde.

O Centro de Saúde Escola atende a uma população de cerca de 50 mil pessoas, residente no entorno da Fiocruz. Em 2007, realizou 78 mil visitas domiciliares através de equipes do Programa de Saúde da Família (PSF) e visitadoras sanitária; 64 mil exames laboratoriais; 33 mil atendimentos na farmácia, com entrega de medicamentos; 14 mil imunizações; 25 mil atendimentos médicos; e 15 mil atendimentos feitos por outros profissionais de nível superior (nutricionistas, psicólogos e outros). Além disso, mais de 2 mil moradores das comunidades do entorno foram beneficiados pelos projetos sociais que a ENSP desenvolve por meio do Centro de Saúde, e vários trabalhos foram apresentados em congresso e cursos de especializações, mestrado e doutorado.

Prêmio Destaque foi lançado em 2006

Em 2006, na primeira edição do Prêmio Destaque ENSP, os vencedores para cada uma das categorias foram: Ensino: Paulo Chagastelles Sabroza (Densp); Pesquisa: Luiz Antônio Camacho (Demqs); Gestão: Carlos Coimbra Júnior (Cadernos de Saúde Pública); e Assistência: Celina Santos Boga Marques Porto (CSEGSF).

Em 2007, os vencedores para cada uma delas foram Gestão: Pedro Barbosa; Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico: Maria Eliana Labra; Ensino: Adolfo Horácio Chorny; e Assistência: Janete Lima Reis. Este ano, a Escola presta uma homenagem especial ao professor Szachna Eliasz Cynamon.

Nenhum comentário para "Cerimônia do Prêmio Destaque 2008 acontece nesta terça (09/09), no Auditório Térreo"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.