1. Estudo explora como a incidência de dengue varia em função da idade e difere nas capitais brasileiras

    Com o propósito de caracterizar o padrão de incidência de dengue ao longo do tempo, segundo a faixa etária, no período de 2007 a 2012 nas capitais estaduais brasileiras, a aluna do mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP, Rayane Cupolillo Ferreira desenvolveu sua dissertação sob a orientação das pesquisadoras Paula Mendes Luz e Cláudia Torres Codeço. As capitais selecionadas, segundo a maior taxa de incidência entre as séries de dengue e dengue grave por faixa etária, em cada região do país para modelagem estatística, foram: Rio Branco, Aracaju, Cuiabá, e Vitória. As capitais pertencentes à região sul do país mantiveram suas curvas de incidência próximas de zero, tendo sido excluídas desta etapa da análise. De acordo com a pesquisa, há maior ocorrência de dengue entre os indivíduos com 15 anos ou mais quando comparados com o grupo de idade inferior, em 3 das 4 capitais (Rio Branco, Aracaju e Vitória). Adicionalmente, como a presença do termo de interação dos grupos etários ao longo do tempo foi significativa para as capitais estudadas, o estudo sugere que, há possibilidade de um deslocamento do padrão etário nas taxas de incidência de dengue no período observado. Além disso, não há diferenças significativas entre as curvas de incidência de dengue grave em Rio Branco, Cuiabá e Vitória para as diferentes faixas etárias no período observado, com exceção de Aracaju, cujas curvas de incidência foram significativamente diferentes para os grupos etários em questão com maior expressão de dengue grave entre os menores de 15 anos.

  2. Participação social e gestão participativa são abordados em pesquisa em Manguinhos

    Com o objetivo de fortalecer o tema da cidadania para a população de Manguinhos por meio do estímulo à participação social e à gestão participativa para a territorialização de políticas públicas, foi realizado o projeto Participação e Intersetorialidade: desenvolvimento de estratégias locais para a Promoção da Saúde no Teias-Escola Manguinhos. A pesquisa integra a iniciativa da Vice-Presidência de Pesquisa e Laboratórios de Referência (VPPLR/Fiocruz), elaborada no âmbito do Programa de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Saúde Pública da Fiocruz (PDTSP/Teias): Portfólio Rede de Pesquisa no Território de Manguinhos - uma parceria entre academia, serviços de saúde e sociedade civil. A pesquisadora da ENSP responsável pelo projeto é Mayalu Mattos, do Departamento de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Careli. Na publicação, ela ressaltou que o PDTSP-Teias propiciou a continuação de projetos anteriores, nos quais já atuava desde o ano de 2005, quanto ainda representava a Assessoria de Cooperação Social da ENSP.

  1. + MAIS NOTÍCIAS

entrevistas

CD ampliado ENSP discute ações para barrar avanços do governo interino sobre direitos conquistados

Alunos, pesquisadores e diretores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca presentes no CD Ampliado da ENSP manifestaram preocupação quanto a necessidade de mobilizar as instituições públicas e a sociedade para fazer frente às propostas neoliberais do atual governo interino. 

MAIS ENTREVISTAS

  1. Avaliação da Pós-Graduação: É preciso pensar em mudanças a curto, médio e longo prazos, apontam pesquisadores
  2. Serviço de urgência pré-hospitalar requer investimentos na atenção primária e atenção hospitalar
  3. Ladep: aprimoramento do diagnóstico na tentativa de diminuir o risco de transmissão da tuberculose
  4. ENSP e Instituto cubano fortalecem acordos e desenvolvem projetos
  5. ENSP apresenta resultados do projeto QualiSUS-Rede
  6. Parceria que dá certo: academia e movimentos sociais se unem para formação em Saúde Pública voltada para o meio ambiente
  1. Vítimas das obras dos Jogos Olímpicos Rio 2016 recebem homenagens da Fiocruz
  2. Centro de Estudos da ENSP sobre saúde nas prisões está disponível em vídeo
  3. Entrevista: diretor da ENSP fala sobre atual conjuntura política do país
  4. Resistência microbiana apresenta elevados índices em todo o mundo
  5. Apresentações do Ceensp sobre resíduos de agrotóxicos nos alimentos e doenças crônicas disponíveis no Youtube da ENSP
  6. Acompanhe o dia a dia da ENSP no Instagram da instituição

mais buscadas

abrasco   aids   arouca   besserman   biblioteca   ceensp   cesteh   claves   concurso   csegsf   cursos   daps   demqs   dengue   densp   educação a distancia   endemias   ensp   epidemiologia   epsjv   especialização em saúde pública   especialização   faperj   fiocruz   funasa   giovanella   manguinhos   mestrado profissional   mestrado   opas   plataforma siga   radis   residência   saude do trabalhador   saúde mental   saúde   siga   sinval   terrapia   tuberculose